Mundo

Jovem de 12 anos acorrentado e espanc*do até m*rrer

Eduardo Posso, um menino de 12 anos, perdeu a vida no passado dia 24 de Maio, no estado de Indiana, nos Estados Unidos, com sinais de abus*s prolongados, negligência e fome.

O pai do menino e a mãe, foram detidos sob acusações de homic*dio, negligência, isolamento e agr*ssões ao menor.

Segundo o relatório médico, Eduardo apresentava hematomas, lacerações e úlceras em todo o corpo. Nas últimas semanas de vida, o rapaz terá ficado trancado na casa de banho de um quarto de hotel, acorrentado a uma barra de pendurar toalhas, com uma coleira de choques no pescoço.

Gostou do Artigo ?

Deixe o seu comentário: