Mundo

Sob 40 graus, Homem perde a vida após trabalhar 11 horas por dia sem água

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias ao Minuto

Este caso aconteceu em Espanha, mais propriamente na região de Múrcia, onde um trabalho de 11 horas por dia, seguidas, acabou destruindo a vida de um homem.

Um trabalhador sazonal, Eleazar Blandón Herrera, com apenas 42 anos, foi sujeito ao extremo do seu trabalho e acabou por falecer devido a uma onda de calor.

Ao que parece, o senhor foi levado e ‘abandonado’ à porta do centro de saúde em Lorca, também em Espanha, no qual acabou por revelar as condições em que estaria a trabalhar.

Eleazar trabalhava desde as 5 horas da manhã, numa plantação de melancias, e estava sujeito a temperaturas altíssimas, com mais de 40º, sem beber água para que se pudesse hidratar.

De acordo com os familiares e colegas de trabalho, o trabalhador começou por se sentir mal-disposto, sendo que demoraram a socorrer o mesmo.

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias ao Minuto

Deixe o seu comentário: