Famosos

Professor morre na ambulância quase duas horas depois de ter ligado para linha de emergência

Professor universitário e o psicanalista Carlos Amaral Dias faleceu esta segunda-feira na ambulância a caminho do hospital quase duas horas depois de ter ligado para a linha de emergência (112).

O serviço coordenado pelo INEM recebeu quatro chamadas a pedir apoio urgente e chegaram ao local quase duas depois da primeira chamada, conforme confirma fonte familiar do psicanalista.

Carlos Augusto Amaral Dias, de 73 anos de idade, acabou por falecer na ambulância a caminho do hospital.

Carlos Augusto Amaral Dias, de 73 anos de idade, deixou há cerca de um mês, a seu pedido, a direção do Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra, à frente do qual esteve mais de duas décadas, e no qual foi o impulsionador da criação da maioria das licenciaturas.

Recorde-se que Amaral Dias: catedrático da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Coimbra – onde se doutorou, depois de se ter licenciado em psiquiatria, também na Universidade de Coimbra.

Gostou do Artigo ?

Deixe o seu comentário: