Mundo

Caçador atingido pelo próprio cão perde a licença de porte de armas

Um homem perdeu a licença de porte de armas após ter sido atingido pelo seu próprio cão em 2016.

Segundo se sabe, o homem teria deixado a espingarda no banco do carro e o cão pressionou inadvertidamente o gatilho, atingindo-lhe num braço.

O juíz decidiu retirar a licença ao homem, porque alegadamente não tem capacidade para ter armas uma vez que não demonstrou a necessária responsabilidade.

Gostou do Artigo ?

Deixe o seu comentário: