Eduardo Beauté  viu-se obrigado a abandonar o salão na Avenida da Liberdade, por ter rendas em atraso.

Segundo o ‘CM’, a ordem de despejo aconteceu no mês de Outubro, após o mesmo já não pagar a renda do espaço há alguns meses.

Uma fonte próxima revelou: A renda era muito elevada e não era comportável para o volume de negócios que ele tem neste momento. Já não conseguia fazer face às despesas”.

Confrontado com as notícias, o cabeleireiro justificou-se negando o sucedido.

“Não devia nada, mas o senhorio queria aumentar a renda para valores incomportáveis e decidi sair”

Gostou do Artigo ?  

Facebook Comments